X
POLÍTICA

Geddel, irmão, mãe, assessores e empresário são denunciados ao STF pela Procuradora Geral da República


Postada em 05/12/2017 06:57:07 - Atualizada em 05/12/2017 06:59:49

Foto: Dida Sampaio/Estadão

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou nesta segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) o ex-ministro Geddel Vieira Lima e o irmão dele, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

A investigação está relacionada à apreensão, pela Polícia Federal, de 51 milhões de reais em dinheiro vivo em um apartamento em Salvador.

 

Também foram denunciados pelos mesmos crimes a mãe de Geddel e Lúcio, Marluce Vieira Lima, o ex-assessores do deputado, Job Brandão, o ex-diretor da Defesa Civil da capital baiana Gustavo Ferraz e o empresário Luiz Fernando Costa Filho.

 

A acusação assinada pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, será analisada pelo ministro do STF Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte. Caso Fachin aceite a denúncia da PGR, uma ação penal será aberta, os acusados se tornam réus e serão julgados no Supremo.

Embora Geddel Vieira Lima não disponha mais de foro privilegiado, a investigação contra ele continua no STF porque seu irmão, Lúcio, tem a prerrogativa.

 

Por: CliC101 | Veja

 

contato@clic101.com.br
73 98108.5898 | 73 8112.0914

© 2013 - 2016 todos os direitos reservados www.clic101.com.br
CliC101 Mais Conteúdo. Desenvolvido por: Welisvelton Cabral