X
INEFICIÊNCIA

ITABELA - Decisões mal tomadas pelo Chefe de Transportes causa prejuízo e confusão envolvendo universitários


Postada em 12/04/2018 17:30:42 - Atualizada em 13/04/2018 09:07:26

Nos últimos dias o transporte escolar universitário de Itabela tem mostrado fragilidade quanto a sua organização. Decisões mal tomadas pelo Chefe de Transportes do Município, Edson S. Almeida, causaram prejuízo ao município e constrangimento a estudantes universitários matriculados em instituições de Eunápolis.



Na noite da última segunda-feira (09/04) um ônibus e um micro ônibus foram multados pela Polícia Rodoviária Federal no Posto de Eunápolis. O primeiro veículo, o ônibus, transportava cerca de 7 passageiros além da sua capacidade, e com esse ônibus multado e retido temporariamente, partiu do Chefe de Transportes a ordem para que o Micro-ônibus  fosse conduzir os alunos à instituição de destino, mesmo ciente da pendência na documentação do veículo, que ao chegar no posto da PRF os documentos foram solicitados e em troca um presente de grego para o município, mais uma multa por documentação irregular. Segundo informações, problemas relacionados ao tacógrafo.




Os veículos acabaram sendo liberados, e pelo menos os documentos do micro ônibus ficaram retidos, segundo o motorista do veículo.



Nesta terça-feira (10), mais confusão no ponto  em frente a Câmara Municipal de Itabela, quando o Chefe dos Transportes decidiu tirar da rota o micro ônibus que leva estudantes do Ifba e Uneb, para destiná-lo à rota da Unisul, que estava com superlotação. Como forma de protesto e não aceitando ir em outro veículo por diversos motivos, os estudantes impediram que o micro ônibus saísse do ponto. O Chefe de Transportes chegou a acionar a Polícia Militar para os estudantes, mas com a exposição dos fatos pelos universitários os militares compreenderam a causa e não tomaram ações de impedimento ao grupo.



A secretária de educação, Christiane Coelho, disse aos estudantes por telefone que não havia autorizado a troca dos ônibus. O secretário de obras Jinivaldo Miranda esteve no local e fez com que a rota normal fosse feita pelo micro ônibus, utilizando outros veículos para a condução dos estudantes da Unisul, resolvendo paliativamente o problema de superlotação até encontrar uma solução definitiva.


Sendo a secretária de Educação e o secretário de Obras responsáveis por traçar as rotas a serem seguidas pelos veículos, fica a sensação de que as atribuições de alguns cargos de chefia não estão claras, pelo menos a um de seus ocupantes.



Porque não ir em outro veículo:


Por não ter aceito ir no outro veículo, os estudantes do Ifba e Uneb alegaram questão de horário, pois segundo eles, as aulas iniciam nas instituições às 18h30 e 18h10 respectivamente, ficando prejudicados, já que o outro veículo sairia mais tarde de Itabela. Os estudantes disseram acreditar que caso aceitassem ir no outro veículo, a situação iria continuar deixando de ser exceção. Outro ponto foi que o próprio motorista do outro veículo teria afirmado que não caberia todos nas vagas que restavam.

 

Por: CliC101 | Welisvelton Cabral

 

contato@clic101.com.br
73 98108.5898 | 73 8112.0914

© 2013 - 2016 todos os direitos reservados www.clic101.com.br
CliC101 Mais Conteúdo. Desenvolvido por: Welisvelton Cabral