ECONOMIA

Servidor filiado a partido é militante e não terá estabilidade, diz ministro da Economia


Servidor poderá ter jornada e salário reduzidos
Postada em 06/11/2019 08:39:20 |

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que servidor público filiado a partido político não terá direito a estabilidade no emprego.

"Tem filiação partidária? Não é servidor público. Não vou dar estabilidade para militante. É como nas Forças Armadas: é servidor do Estado", disse Guedes.


A declaração do ministro foi feita durante o anúncio de três projetos econômicos do governo, de reforma na área fiscal e nas regras para a divisão de recursos entre União, estados e municípios.


O fim da estabilidade para servidores fará parte da reforma administrativa, que ainda será enviada pelo governo ao Congresso Nacional.

As novas regras afetarão apenas novos servidores.


Servidor poderá ter jornada e salário reduzidos

 

Uma das PECs (Proposta de Emenda à Constituição) permite que, em situações de emergência fiscal, União, estados e municípios reduzam temporariamente a jornada de trabalho dos servidores em até 25%, com redução salarial equivalente.

 

Por: CliC101 | Folha Impacto

 

contato@clic101.com.br
73 98108.5898 | 73 8112.0914

© 2013 - 2019 todos os direitos reservados www.clic101.com.br
CliC101 Mais Conteúdo. Desenvolvido por: Welisvelton Cabral  

 

 

 

 

 

 

X